SEDUC assina TAC para reforma de escola e implantação de projeto bilíngue libras/língua portuguesa

 

DSC 0102

 

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), realizou nesta quinta-feira, 05 de julho de 2018, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, Audiência de Assinatura do Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Estado do Amazonas, a fim de que a escola estadual Augusto Carneiro dos Santos seja reformada e se implante o projeto pedagógico que torna a unidade de ensino bilíngue, ou seja, disponibilizará o ensino de Libras e a modalidade escrita da língua portuguesa como segunda língua para alunos surdos.


Estiveram presentes à Audiência a Subprocuradora-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos Leda Mara Nascimento Albuquerque, a Procuradora de Justiça Suzete Maria dos Santos, a Promotora de Justiça Delisa Olívia Vieiralves Ferreira, titular da 55ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção dos Direitos Humanos à Educação, o Secretário de Educação do Amazonas, Lourenço Braga, a presidente da Comissão em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB/AM, Nancy Castro Segadilha, professores, gestores e técnicos da Seduc, além de alunos surdos da rede estadual de ensino.


De acordo com o Termo de Ajustamento de Conduta, são denominadas escolas ou classes de educação bilíngue aquelas em que a Libras e a modalidade escrita da língua portuguesa sejam línguas de instrução utilizadas no desenvolvimento de todo o processo educativo. A escola bilíngue deve ter: professores bilíngues de diferentes áreas do conhecimento; tradutores intérpretes de Libras; guias intérpretes; professores de Libras preferencialmente surdos, bem como a formação continuada, disponibilização de equipamentos, novas tecnologias de informação e recursos didáticos para apoio de alunos surdos ou com deficiência auditiva.


A escola deverá realizar as atividades em regime de tempo integral para alunos surdos e ouvintes em virtude da distribuição da carga horária e em atendimento à proposta pedagógica.
“Eu não penso o Ministério Público atuando de outra forma que não seja essa, em defesa da sociedade, de setores da sociedade que precisam de uma atenção maior e com os quais o Estado brasileiro tem uma dívida histórica. O MP dá um passo adiante numa conquista importante que atingirá uma parcela da sociedade que realmente é especial no sentido maior da palavra”, destacou a Subprocuradora-Geral de Justiça Leda Mara Nascimento Albuquerque.


O Secretário de Educação Lourenço Braga anunciou que a Seduc deve lançar ainda este ano a primeira tabuada em Libras do país, além de um livro de história.”Um dos papéis do Ministério Público é esse, o de defesa da sociedade, é de contribuição para construir uma sociedade diferente, melhor, em que haja pessoas com ou sem deficiência, mas pessoas que mereçam ser acatadas e acolhidas. Por isso registro com muita alegria o que o Ministério Público acaba de fazer na manhã de hoje, este é o papel”, salientou o Secretário de Educação.

“A comunidade surda tinha essa reivindicação havia muitos anos, mas depois de várias audiências e articulações com a Seduc, comunidade de pessoas com deficiência, conseguimos fazer visualizada essa necessidade. Elaboramos o Termo ouvindo a comunidade, incluímos no TAC o projeto político-pedagógico de uma escola bilíngue, o qual já estava na Seduc havia muito tempo e, a partir disso, nós conseguimos fazer com que ele fosse assinado”, comemorou a Promotora Delisa Olívia Vieiralves Ferreira.

 

DSC 0138


Além de estabelecer a reforma da escola, o TAC também atende à lei que trata sobre a garantia do acesso dos alunos surdos à língua brasileira de sinais.
Segundo o compromisso assinado, foi estabelecido o prazo de até 01 (um) ano após a assinatura do contrato para a conclusão da reforma do prédio da Escola Estadual Augusto Carneiro dos Santos. O projeto básico da obra deve ser apresentado em 30 dias, de acordo com a SEDUC.

 

Histórico da Escola Augusto Carneiro dos Santos


A Escola Estadual Augusto Carneiro dos Santos é uma das instituições da rede pública estadual de ensino que oferece atendimento específico relacionado à educação especial desenvolvida pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC). A especialidade da escola é oferecer atendimento aos alunos com deficiência auditiva.


A instituição de ensino ficava localizada na avenida Joaquim Nabuco, entretanto, funciona provisoriamente no terceiro pavilhão da escola estadual Diofanto Vieira Monteiro, que também é uma instituição de atendimento específico para alunos com deficiência intelectual, localizada na avenida Lourenço da Silva Braga, s/n, Manaus Moderna, Centro, Zona Sul de Manaus.
A escola atende aproximadamente a 85 alunos surdos e surdo-cegos de 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental no turno matutino e do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental pela parte da tarde.
Além das atividades realizadas em sala de aula, a instituição possui projetos que são desenvolvidos com os alunos e até mesmo para os pais das crianças, como o curso da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para os pais ou responsáveis.

 

DSC 0170


Últimas Notícias
Nota de Pesar

Notícias
A Procuradoria-Geral de Justiça informa, com pesar, o falecimento do Excelentíssimo senhor Aloísio Rodrigues de...
CSMP abre processos de inscrição para Promoção na Capital

Notícias
O Conselho Superior do Ministério Público do Estado do Amazonas (CSMP), fez publicar, nas edições dos dias 20 e 21...
“Gestão de informações e redes sociais” será tema de palestras previstas na Conferência de abertura do calendário das atividades do Ceaf 2019

Notícias
Como parte da programação da abertura do ano letivo do Ceaf (Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do...
Esmam e Ceaf irão trabalhar juntos na realização de projetos educacionais

Notícias
Os dirigentes do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e do Ministério Público Estadual (MP-AM) vão assinar um...