Arsam atende MP-AM e anuncia convênio para melhorar água distribuída em Tefé

População-de-Tefé-reclama-da-qualidade-de-água-e-Arsam-atende-pedido-do-Ministério-Público

Atendendo a pedido da 1ª Promotoria de Justiça de Tefé, a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) anunciou que vai firmar convênio com a prefeitura de Maués, para melhorar a qualidade da água distribuída no município localizado a 522 quilômetros de Manaus. A medida é resultado de denúncia feita por moradores de Tefé quanto à presença de ferrugem e barro na água fornecida pelo Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae). A titular da 1ª PJ de Tefé, Promotora de Justiça Marina Campos, agiu extrajudicialmente para resolver o problema.

A Promotora de Justiça Marina Campos encaminhou ofício à Arsam e a outros órgãos públicos requisitando informações referentes ao controle interno de qualidade dos serviços de água do município. Em reunião com o prefeito de Tefé, Normando Bessa (PMN), o diretor-presidente do Saae, Armando Athos, engenheiros da autarquia e o diretor-presidente da Arsam, Walter Cruz, foram definidas as providências para resolver o problema.

A Promotora de Justiça Marina Campos apontou a necessidade de orientação e regulação para realizar intervenções e melhorias na distribuição de água na localidade. “Na cidade de Tefé, serão necessárias muitas obras para que a qualidade da água seja satisfatória e não cause danos à saúde da população. E tudo isso demanda muito tempo. No entanto, o Ministério Público estadual vai acompanhar de perto esse processo e também vamos estabelecer prazos para que o problema seja resolvido”, declarou Marina Campos.

A diretora técnica da Arsam, Sissy Santos, orientou o prefeito, Normando Bessa, sobre a aprovação do plano municipal de saneamento básico para que as fiscalizações sejam efetivadas. “De acordo com a lei nº 11.445/2007, todos os serviços básicos deverão ser regulados, independente da natureza do prestador de serviços, se estadual, municipal ou privado. A partir do momento em que houver interesse do prefeito em firmar um convênio com a Arsam, podemos desempenhar a competência de órgão regulador deste serviço no município, acompanhando o plano de saneamento, com todas as metas estipuladas em contratos”, anunciou a diretora da Arsam.

O engenheiro Jorge Caresto, da Arsam, foi designado para fazer a análise técnica da água. “O relatório vai ser finalizado e encaminhado até a primeira semana de julho. Após as discussões, é possível um posicionamento institucional, vindo do prefeito, para que a qualidade da distribuição de água em Tefé seja superior. A Arsam só pode regular e fiscalizar os serviços de água e saneamento se houver interesse do poder concedente, mediante um termo de convênio feito pela prefeitura, enquanto isso, vamos continuar a estudar as condições e possibilidades para que esse convênio seja concretizado”, explicou Walter Cruz.


Últimas Notícias
PJ da Infância e Juventude realiza oficina sobre plantão de atendimento a adolescentes infratores

Notícias
O Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional de Ministério Público do Amazonas realizou nesta terça-feira, 23 de...
Vitaliciamento de membros do MPAM aborda controle externo da atuação policial

Notícias
O controle externo da atuação policial foi o tema abordado hoje, 23 de abril de 2019, pelo Promotor de Justiça...
Promotoria de Santa Isabel cobra eficácia no combate à malária em áreas indígenas

Notícias
O Ministério Público do Estado do Amazonas, por meio da Promotoria de Justiça de Santa Isabel do Rio Negro, expediu,...
Nota de Solidariedade

Notícias
A Procuradoria-Geral de Justiça vem, de público, prestar solidariedade ao Procurador de Justiça aposentado...