Em primeira entrevista, novo PGJ fala à imprensa das prioridades da gestão

ALBERTO JR COLETIVA foto menor 056f3

O Procurador-Geral de Justiça, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, concedeu sua primeira entrevista já empossado no cargo. Ele foi sabatinado por vários veículos de imprensa, em uma videoconferência para qual foram convidados sites, jornais impressos, emissoras de rádio e tv.

Ao responder as perguntas, Alberto Júnior começou já enfatizando suas prioridades de gestão. Combate à corrupção e aperfeiçoamento profissional foram os primeiros itens falados. Na ocasião, o chefe do Ministério Público do Amazonas apresentou o chefe do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) que é o órgão da instituição responsável pelos eventos de formação destinados a membros e servidores. O Promotor de Justiça Alessandro Samartin será o responsável por comandar o órgão na gestão atual.

"O maior desafio, como Procurador-Geral, é investir na maior qualificação, dentro do Ministério Público, dos seus membros e seus servidores. Para que a gente possa buscar, na área do conhecimento, o diferencial na nossa instituição", afirmou Alberto Júnior.

Infância e Juventude também rendeu uma fala especial do Procurador-Geral. Quando foi perguntado sobre o que o MP pode fazer em relação à situação das crianças de rua que vivem nas ruas de Manaus, principalmente, Alberto Júnior informou que vai tratar diretamente com a coordenação do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Infância e Juventude. O coordenador do Centro deverá ser definido até a próxima segunda-feira, dia 19. Mas já adiantou que o MP vai se aproximar dos órgãos públicos, municipais e estaduais, que cuidam dessa área para que prestem contas sobre as políticas adotadas para o bem-estar das crianças e adolescentes.

Sobre a atuação do MP no interior, informou que já começou a fazer o levantamento da situação financeira da instituição para que, inicialmente, dê posse a novos promotores que foram aprovados ainda no concurso realizado em 2016, que ainda tem nove membros a tomarem posse. E anunciou que farão um planejamento para a realização de novo concurso para promotor de Justiça. "Nós precisaremos de pelo menos mais quinze a vinte novos promotores para que o MP possa servir todo o interior", disse Alberto Júnior.

Sedes próprias e melhoria na estrutura física das promotorias no interior também foram anunciadas como parte das prioridades. Além do mais, a estrutura tecnológica, que passa por aparelhamento e conectividade das promotorias. Tudo vai passar pelo estudo de viabilidade financeira.

Alberto Júnior anunciou os dois principais auxiliares que são os Subprocuradores-Gerais. Na área jurídica, o Procurador de Justiça Nicolau Libório, que assumiu o cargo de Subprocurador-Geral para Assuntos Jurídicos e Institucionais, sendo o substituto direto do PGJ, segundo o organograma da instituição. O Promotor de Justiça Geber Mafra da Rocha assume o cargo de Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos.

O Ministério Público tem sete coordenações temáticas que reúnem promotorias de atuações afins. Um assunto recorrente, nesta época pré-eleições municipais, é a atuação do MP no processo eleitoral. Entre aquelas coordenações que já têm seus nomes definidos, Alberto Júnior anunciou o Procurador de Justiça Mauro Veras como coordenador das Promotorias Eleitorais. "Já estamos com quase todo o interior com promotores eleitorais designados para atuarem na fiscalização dos candidatos e do pleito", anunciou.

Uma área que receber reforço, além da formação profissional representada pelo CEAF, será a área de combate ao crime organizado, simbolizado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado). "A expectativa é de que possa, durante esses dois anos, um momento de união entre todos nós, para que possamos desenvolver de forma uma e indivisível o melhor serviço para a sociedade amazonense", afirmou Alberto Júnior.


Veja os principais trechos da entrevista coletiva do Procurador-Geral de Justiça no canal do MPAM na plataforma YouTube. (clique aqui)

 

Texto: Arnoldo Santos - ASCOM MPAM

Foto: Jhualissom Veiga - ASCOM MPAM

Últimas Notícias
Justiça acata ação de MPAM e manda suspender licitação para serviços de limpeza pública em Humaitá

Notícias
O Ministério Público do Amazonas em Humaitá, pediu à Justiça no dia 21 de setembro, a suspensão do Pregão...
MP Eleitoral segue com o planejamento para as últimas semanas antes do pleito municipal

Notícias
O Mistério Publico do Amazonas, representado pelo Procurador de Justiça Mauro Veras, participou nesta quarta-feira...
MPAM realiza Workshop para criação de Núcleo de Mediação de Conflitos na Polícia Civil do Estado

Notícias
Nos dias 21 e 22 de outubro do corrente ano, no horário das 08h20min às 12h30min, em continuidade à formação dos...
MPAM faz visitas técnicas em escolas no município de Manicoré para retorno das aulas

Notícias
  O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da Promotoria de Justiça de Manicoré, realizou visitas...