Itamarati: 8 mil habitantes e 3 policiais. Porque o MP volta a pedir mais efetivo para a cidade

ITAMARATI menor 2e062

O Ministério Publico do Amazonas, por meio da Promotoria de Justiça de Itamarati, apresentou recurso contra decisão da Justiça que negou tutela de urgência em ação que visa garantir o aumento do efetivo de policiais militares no município. A petição (nº 0000137-49.2020.8.04.4801-Agravo de Instrumento) requer a suspensão da decisão interlocutória proferida pelo Juízo local e foi protocolada ontem, 14/10, pelo Promotor de Justiça Caio Lúcio Fenelon Assis Barros, no curso de Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer com Pedido de Antecipação de Tutela ajuizada no dia 06/10.

O número ideal de policiais recomendado pela ONU é de 1 para 250 habitantes. Entretanto, Itamarati conta, hoje, com apenas três policiais militares para uma população de 8.038 habitantes. Na ACP, o Promotor de Justiça Caio Lúcio Barros requer o aumento do efetivo de segurança para, no mínimo, oito policiais, a fim de atender as demandas da população itamaratiense.

A Constituição Federal do Brasil, em seu artigo 144, estabelece que a segurança pública é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, que deve ser exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos órgãos de policiamento ostensivo. Em razão disso, conforme registra a ACP, há uma necessidade de não apenas haver a devida prestação de segurança pública pelo Estado aos cidadãos, mas também de assegurar que referida segurança seja prestada de forma eficiente, de forma a atender as necessidades da população.

Texto: Milene Miranda - ASCOM MPAM

Foto: MPAM

Últimas Notícias
Covid-19: Em Coari, Ações do MP pedem leitos de UTI e tenta impedir mais mortes por falta de insumos como o oxigênio na cidade

Notícias
O Ministério Público do Amazonas, por meio da Promotoria de Justiça de Coari ajuizou Ação Civil Pública com...
Covid-19: Em Itacoatiara, MP e DPE pedem reforço da fiscalização das medidas restritivas

Notícias
O Ministério Público (MPAM) e a Defensoria Pública do Estado(DPE) cobraram da prefeitura de Itacoatiara, em forma de...
Nesta quinta-feira: MPs e Tribunais de Conta do país discutem o abandono escolar com quase um ano de pandemia

Notícias
Os órgãos de controle têm um importante papel no acompanhamento e na fiscalização das ações de gestores...
Covid-19: MPAM recomenda ao município de Humaitá transparência nas compras feitas no combate à pandemia

Notícias
O Ministério Público do Amazonas por meio da Promotoria de Justiça de Humaitá, expediu recomendação ao Município...