Ministério Público fecha parceria para inovar na avaliação de desempenho dos servidores

13 julho B 16e1b

O Ministério Público do Estado do Amazonas assinou, nesta sexta-feira (14/-8), um Acordo de Cooperação Técnica junto ao Instituto Brasil de Estudos, Pesquisas e de Gestão Estratégica de Competências para testar uma solução inovadora de avaliação de desempenho dos servidores públicos desenvolvida pela startup amazonense Meritocracity (www.meritocracity.com). A plataforma desenvolvida pela Meritocracity não pretende substituir os modelos já instituídos, mas complementá-los com o uso da tecnologia, produzindo melhores indicadores que auxiliem os gestores públicos na tomada de decisões, como nomeações, gratificações, premiações, remoções e capacitações; que,  muitas vezes, acabam ficando prejudicadas por falta de dados consistentes.

O Ministério Público do Estado do Amazonas, que já vem fomentando uma cultura de inovação por meio dos HackFests e da criação do MPInova, o primeiro Laboratório de Inovação Tecnológica e Negócios do setor público no Estado, assinou o acordo, com base no Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (Lei nº 13.019/14). O MPAM será a primeira instituição pública do Estado a testar oficialmente a plataforma. Na primeira semana de testes, antes da assinatura do Acordo, foram registradas mais de 400 avaliações internas.

Texto com informações da setor de relações com imprensa da Meritocraticity.

 

 

Últimas Notícias
Ação do MPAM em Boca do Acre visa impedir cobrança pelo serviço de iluminação pública

Notícias
O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), pela Promotoria de Justiça de Boca do Acre, ajuizou Ação Civil...
MPAM dará posse a dois novos Procuradores de Justiça

Notícias
O Conselho Superior do Ministério Público do Amazonas promoveu, na última segunda-feira, 23 de novembro de 2020,...
MPAM chega ao final de caso de estupro com a condenação do acusado a 45 anos de prisão

Notícias
A 1ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes da Capital julgou procedente...
MPAM discute Injustiças Epistêmicas, raça e gênero, nesta quinta

Notícias
  O Ministério Público do Amazonas, por meio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF),...