MPE quer segurança sanitária contra a covid-19 nas convenções partidárias

ELEIÇÕES 2020 menor b8198

A Promotoria da 58ª Zona Eleitoral de Manaus, pelo seu titular, Evandro da Silva Isolino, instaurou Procedimento Administrativo Eleitoral e expediu recomendação visando o cumprimento das normas de segurança sanitária relativas à covid-19 nos atos de pré-campanha, como as convenções partidárias, e de propaganda eleitoral. A recomendação do MPE prescreve que os partidos deem preferência à realização de convenções virtuais, conforme as diretrizes fixadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (Resolução nº 23.623/2020-TSE). E, no caso da opção por convenções presenciais, que sejam observadas as regras de prevenção ao contágio da doença.

A medida decorre de Notícia de Fato recebida pelo Centro de Apoio Operacional Eleitoral, informando que a convenção eleitoral do Partido Patriotas seria realizada em local fechado, no próximo dia 12/09, na Jevian Festas e Eventos. A denúncia veio acompanhada dos autos da Consulta nº 0600207-32.2020.6.04.0000, do Procurador Regional Eleitoral, na qual o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas confirma a preponderância das normas sanitárias de combate à covid-19 estabelecidas pelo Governo do Estado e pelo Município na realização de atos de pré-campanha e de propaganda eleitoral.

Na CTA, o TRE-AM recomenda "que os partidos políticos realizem as convenções partidárias para a escolha dos candidatos preferencialmente por meio virtual, independentemente de qualquer disposição estatutária". No caso das convenções presenciais, o evento deve ocorrer de forma a garantir o necessário distanciamento entre as pessoas presentes, respeitando-se o limite máximo de 50% da capacidade de ocupação do local, com uso obrigatório de máscaras de proteção facial, disponibilização de álcool em gel 70%, com portas e janelas abertas, para a livre circulação do ar, além da desinfecção frequente das superfícies mais tocadas, como mesas, equipamentos de uso comum, maçanetas etc.

O Procedimento Administrativo Eleitoral foi instaurado para acompanhar o cumprimento das medidas sanitárias durante as convenções partidárias. Cópias da Recomendação foram encaminhadas à direção do Partido Patriotas, aos demais partidos políticos e, também, à Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral, para ciência e tomada das providências cabíveis.

A Recomendação de Promotoria Nº 2020-0000071867 está publicada na edição do Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público desta sexta-feira, 11/09. (clique aqui)

 

 

Texto atualiazado no dia 11/09/2020, às 17:00

Últimas Notícias
MPAM busca, via Judiciário, transparência no portal do Município de Santa Isabel do Rio Negro

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM) ajuizou Ação Civil Pública (ACP) requerendo ao Judiciário que determine o...
MPAM obtém na Justiça a indisponibilidade de bens do Prefeito de Iranduba

Notícias
Atendendo a pedido do Ministério Público do Amazonas, o Juízo da Comarca de Iranduba concedeu liminar, determinando...
Ação do MPAM em Guajará leva Prefeitura a apresentar plano de atendimento socioeducativo

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por intermédio do Promotor de Justiça Iranílson Ribeiro, por meio de uma...
Em Santa Isabel, MPAM apela ao Judiciário por atendimento a adolescentes em conflito com a lei penal

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM) ajuizou Ação Civil Pública (ACP) pedindo ao Judiciário que obrigue o...