MPAM atua para coibir retenção de cartões de terceiros por comerciantes de Fonte Boa


Logos MPAM 39 f4fc1

O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da Promotoria de Justiça de Fonte Boa, instaurou procedimento administrativo com a finalidade de coibir a prática de retenção de cartões magnéticos de particulares por proprietários de estabelecimentos comerciais daquele município. Com a medida, o Promotor de Justiça Ricardo Mitoso busca conscientizar a população acerca da ilegalidade dessa prática, cuja ocorrência vem se tornando frequente no município. Segundo ele, as pessoas deixam seus cartões “empenhados” em estabelecimentos comerciais, a fim de que eles sejam mensalmente utilizados para abatimento de dívidas.

“Em 2020, recebemos diversas notícias acerca da retenção de cartões no município como garantia de pagamento de dívidas e isso voltou a acontecer neste ano. Em razão disso, decidimos pela instauração de procedimento específico, com vista a conscientizar a população a respeito de seus direitos e sobre a ilegalidade dessa prática. Casos desse tipo devem ser comunicados ao Ministério Público ou à Delegacia de Polícia do Município de Finte boa”, orienta o Promotor de Justiça.
O procedimento tem o intuito de contribuir para que toda a sociedade fonte-boense sobre a ocorrência de eventuais delitos, considerando que a prática de retenção de cartões magnéticos de terceiros é crime punido com pena de seis meses a dois anos e multa.

Últimas Notícias
PGJ consolida medidas de segurança em reunião com o comando do CBMAM

Notícias
O Procurador-Geral de Justiça do Amazonas, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, esteve reunido, na tarde do dia...
MPAM e MPF ouvem lideranças indígenas da calha do alto Rio Negro para traçar linhas de atuação

Notícias
O Ministério Publico do Amazonas (MPAM), pela Promotoria de Justiça de Barcelos, promoveu, nesta quarta-feira, 09/10,...
Promotora do MPAM medeia debate em encontro da área de Educação no MP de Alagoas

Notícias
Diante dos desafios enfrentados por todos os estados do Brasil em decorrência da situação emergencial causada pela...
Servidores devem ser exonerados após investigação de caso de nepotismo em Tapauá

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da Promotoria de Justiça de Tapauá, recomendou ao Prefeito do...