Prefeito de Lábrea quer apoio do MPAM para combater problemas ambientais no Município

“O Ministério Público está presente em todo o interior do Estado. Em Lábrea, nossa atuação é marcada pela luta permanente para que esse cenário de crimes contra o meio ambiente e em prejuízo à população seja transformado em políticas sustentáveis de caráter socioambiental”, afirma Alberto Júnior.

Logos MPAM 3 d13a3

Na manhã da última quinta-feira, 15/07, o Procurador-Geral de Justiça do Amazonas, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, recebeu o Prefeito Gean Barros e o Procurador do Município de Lábrea, Fábio Veras, a fim de discutirem a situação do meio ambiente na região. Localizado no sul do Amazonas, o município é apontado como a região que mais sofre com problemas de desmatamento, o que está associado à extração ilegal de madeira, queimadas, criação ilegal de gado, “deficit” de fiscalização ambiental, criminalidade e grilagem de terras.

A situação do Município de Lábrea é bastante crítica, segundo o Promotor de Justiça Sylvio Duque Estrada, em razão de se encontrar na região do arco do desmatamento, com acesso por rodovias próximas aos estados de Rondônia e Acre. O Ministério Público do Amazonas já constituiu força tarefa para combater os desmatamentos e queimadas e tem atuado para promover a responsabilização dos infratores, de forma a atacar a relação risco/benefício da atividade e inibir as infrações pela perspectiva econômica.

"É importante fazer com que o benefício auferido com a prática não compense o risco de tornar-se réu em uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público. Além disso, revela-se necessário o debate acerca da necessidade de criação de unidades de conservação sobre áreas que atualmente se encontram na linha do arco do desmatamento e não possuem proteção, tal como ocorre com extensa faixa de terras que se estende pelos Municípios de Lábrea, Boca do Acre e Pauini”, declara o Promotor de Justiça Sylvio Henrique Lorena Duque Estrada.

No intuito de promover o desenvolvimento de políticas públicas, com o apoio do Ministério Público do Amazonas, o prefeito Gean Barros e o Procurador Fábio Veras também destacaram o planejamento do combate às queimadas e a preservação das áreas verdes.

“O Ministério Público está presente em todo o interior do Estado. Em Lábrea, nossa atuação é marcada pela luta permanente para que esse cenário de crimes contra o meio ambiente e em prejuízo à população seja transformado em políticas sustentáveis de caráter socioambiental”, afirma Alberto Júnior.

Últimas Notícias
MPAM participa de inauguração do Centro Judiciário de Solução de Conflitos das Varas de Família Zona Leste/ Norte

Notícias
A coordenadora do Núcleo Permanente de Autocomposição do Ministério Público do Amazonas (Nupa/MPAM), Promotora de...
MPAM recomenda exoneração de 35 servidores que atuam no Poder Público de Itapiranga

Notícias
    O Ministério Público do Amazonas, pela 1ª Promotoria de Justiça de Itapiranga, expediu recomendação...
MPAM recomenda transferência de PMs presos no Batalhão de Choque para Núcleo Prisional da PMAM

Notícias
      O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da 61ª Promotoria de Justiça Especializada...
PJ de Coari recomenda suspensão de eventos no aniversário da cidade

Notícias
  O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Coari, expediu...