MPAM reforça mutirão para recuperar registros civis em Novo Aripuanã

NOVO ARIPUANÃ MUTIRÃO 73c12

A Promotoria de Justiça de Novo Aripuanã aderiu ao Mutirão da Cidadania realizado para a população fazer novamente os registros civis que foram perdidos há mais de duas décadas quando, em 1992, o Cartório da cidade pegou fogo destruindo boa parte dos registros ali guardados.
Na último sábado, 9 de novembro, a Promotora de Justiça Jarla Ferraz esteve junto com o Juiz da Comarca, Rosberg de Souza Crozara, coordenando o trabalho de retificação e restauração de registro civil. Foram atendidas mais de 80 pessoas e, no próximo sábado, dia 16, o mutirão, que tem o apoio também da Prefeitura local, continua com a prestação dos mesmos serviços

Últimas Notícias
MPAM propõe ação contra professor que recebeu sem trabalhar em Humaitá

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM), pela 2ª Promotoria de Justiça de Humaitá, propôs Ação Civil Pública...
MPAM e TJAM avaliam cronograma de implantação do SAJ MP

Notícias
Equipes do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) e do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) se reuniram,...
Nupa começa curso de formação de mediadores comunitários

Notícias
Teve início ontem, 21/01/2020, no auditório Gebes Medeiros, a primeira edição do Curso de Formação de Mediadores...
MPAM apura casos de violência em Fonte Boa

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM) já está atuando na apuração dos atos ocorridos no município de Fonte...