Júri do Delegado Sotero recomeça depois de dois anos do crime

JURIA SOTERO 2 e4d57

Nesta quarta-feira (27), dois anos após o fato, o julgamento do delegado Gustavo de Castro Sotero, acusado de homicídio contra Wilson Justo Filho, crime ocorrido no dia 27 de novembro de 2017, em uma casa de show localizada na zona Oeste de Manaus, iniciou, pela 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus.

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) representado pelo Promotor de Justiça George Pestana, após a abertura oficial dos trabalhos pelo Juiz de direito Celso Souza de Paula, titular da 1.ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, passou a defender a tese de homicídio atribuído ao delegado Sotero. No mesmo processo, Sotero é acusado de tentativa de homicídio contra Fabíola Rodrigues Pinto de Oliveira (esposa de Wilson), Maurício Carvalho Rocha e Yuri José Paiva Dácio de Souza. Após o sorteio dos jurados, as três vítimas sobreviventes começaram a ser ouvidas, além das testemunhas de acusação e aquelas que foram chamadas de comum acordo.

O Promotor de Justiça George Pestana voltou ao local do crime utilizando-se de vídeo de câmera de segurança interna e refez passo a passo, interrogando Fabíola Oliveira, o momento exato em que o delegado recebe um soco do advogado Wilson Justo e dispara cinco vezes contra ele, atingindo, além do advogado, outras três pessoas.

Júri já havia sido adiado
Por entender que novos nomes de jurados foram listados após convocação oficial do TJAM para o Júri Popular do 'Caso Sotero', que seria iniciado no mês passado, no dia 29/10, o Promotor de Justiça George Pestana recomendou, naquela ocasião. Nesta quinta-feira, 28/11, as testemunhas de defesa e os peritos convocados pela corte serão ouvidos e no último dia, sexta-feira, 29/11, o delegado Gustavo Sotero será ouvido.

Texto: Agnaldo Oliveira Júnior – ASCOM MPAM
Foto: Hirailton Gomes – ASCOM MPAM

Últimas Notícias
COVID-19: MPAM acompanha doação de máscaras para internos e servidores do sistema prisional em todo o Estado

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM) está acompanhando a distribuição de máscaras de tecido para apenados e...
COVID-19: Na pandemia, MPAM obtém 85% de liminares solicitadas para idosos e pessoas com deficiência

Notícias
Com mudança no perfil de atuação, a 42ª Promotoria de Justiça do Idoso e da Pessoa com Deficiência do Ministério...
MPAM vai verificar se a rede pública de ensino tem adotado os protocolos de atendimento de revelação e identificação de atos de violência

Notícias
As promotorias de Justiça que atuam na área de Educação e crimes contra a dignidade sexual de crianças e...
Projeto "Audiências Concentradas" vai seguir calendário com videoconferências, em Junho

Notícias
O Poder Judiciário, Ministério Público do Amazonas (MPAM) e Defensoria Pública do Estado (DPE) vão adotar o...