Ministério Público vai acompanhar políticas de controle e organização do trânsito de Guajará e Cruzeiro do Sul

PHOTO-2019-12-12-10-00-32-588x441 b5413

Promotores de Justiça dos Estados do Acre e Amazonas vão acompanhar a formulação de estratégias, de maneira conjunta, de fiscalização e combate a crimes e infrações de trânsito na região de divisa entre os municípios de Cruzeiro do Sul, no Acre e Guajará, no Amazonas. A reunião que tratou do assunto foi realizada na sede da Promotoria da cidade acreana com a presença de representantes de órgãos públicos dos dois municípios. 

Participaram o promotor de Justiça Substituto, Vanderlei Batista Cerqueira, da 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Cruzeiro do Sul, o promotor de Justiça, Iranilson de Araújo Ribeiro, titular da Promotoria de Justiça de Guajará, o Comandante da Polícia Militar em Cruzeiro do Sul, Major Evandro Bezerra da Silva, e a Gerente da 1ª CIRETRAN em Cruzeiro do Sul, Taynara Martins Barbosa.

O promotor de Guajará diz que a medida visa, em especial, coibir os crimes de trânsito que ocorrem na estrada entre os dois municípios, tais como a embriaguez, por exemplo, além do tráfico e consumo de drogas. "Esperamos que o comando da Polícia Militar dê apoio ao grupamento local, assim como o Detran do Amazonas, que apoie fornecendo equipamentos, como o bafômetro, por exemplo, que aqui não tem sequer um. Acredito que o ideal seria a instalação de uma Companhia Independente de Polícia Militar em Guajará, assim como já tem em Eirunepé e Boca do Acre. Espera-se que, com uma estrutura básica, a PM consiga flagrantear os motoristas embriagados e os recursos de fianças sejam revertidos para a instalação de câmeras no município, aumentando a segurança da população", afirmou o promotor Iranílson Ribeiro.

O promotor de Justiça Vanderlei Batista Cerqueira explicou a finalidade da reunião e reafirmou o compromisso do MP acreano com o combate ao crime e a segurança da população. "Reunimos as instituições parceiras com a preocupação de adotarmos medidas que possam tornar o trânsito na região mais seguro e humano. Estamos programando ações efetivas de combate a crimes e infrações, mas também é necessário que seja investido em ações educativas efetivas, isso vamos cobrar dos órgãos competentes", disse o promotor. Duas operações de fiscalização de trânsito entre os municípios foram programadas, uma delas deverá acontecer no período das festividades de final de ano, quando o fluxo de veículos é intenso, e a outra no carnaval. As autoridades também irão avaliar a possibilidade de realizar novas operações no decorrer do ano.

Últimas Notícias
MPAM expede recomendação para garantir matrícula de estudantes em Parintins

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por intermédio da 2ª Promotoria de Parintins, onde atua a Promotora de...
Procuradores-Gerais apoiam decisão do STF de suspender alterações do CPP pela lei Anticrime

Notícias
O Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG) emitiu Nota Pública...
MPAM discute com órgãos públicos e agremiações as ações do Carnaval

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM) reuniu, na manhã desta quinta-feira (23), órgãos governamentais e...
MPAM reforça capacitação de novos Conselheiros em Uarini e Alvarães

Notícias
As promotorias de Justiça de Uarini e Alvarães realizaram os primeiros eventos de capacitação dos seus novos...