Implantação do SAJ-MP entra na fase do treinamento de residentes e definição de perfil de usuários

A implantação do Sistema de Automação Judiciária do Ministério Público do Amazonas (SAJ-MP) dá início, este mês, ao treinamento de residentes e definição do perfil de usuários. Iniciada em março de 2019, a automação do órgão ministerial, que integra o plano de gestão da Procuradora-Geral de Justiça Leda Mara Albuquerque com vistas à eficiência dos serviços prestados à sociedade, avança mais uma etapa, agora, visando a instalação e configuração das aplicações do SAJ-MP, com a validação das configurações para as promotorias-piloto.
Segundo a coordenadora do SAJ-MP, Promotora de Justiça Cley Martins, esta é uma fase muito importante para o alcance dos objetivos do MP com a automação, e inclui duas tarefas realizadas de forma concomitante: a definição do perfil de usuários, que será feita mediante questionário digital disponibilizado a membros e servidores, e o treinamento dos residentes, equipe de especialistas da Softplan encarregados de dar suporte à Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação ao longo de todo o processo de implantação do sistema no MPAM.
“Na contratação da Softplan, consideramos importante a presença dos residentes em razão do número limitado de servidores da DTIC, que também devem receber treinamento. Concomitantemente, vamos encaminhar aos membros e servidores da Capital e do município de Iranduba, agraciada em razão da conectividade, questionário muito simples e fácil de ser preenchido, que visa o estabelecimento do perfil do usuário do sistema. É de suma importância que todos respondam rapidamente o questionário, porque essas informações vão subsidiar nos demais procedimentos de implantação do sistema”, destaca a coordenadora.
A implantação do sistema nas promotorias piloto – duas criminais comum, uma cível e uma de educação – está programada para última semana de agosto. No final de setembro, haverá a expansão para as demais promotorias e áreas afins.

Automação no Interior

A automação do MPAM por meio do SAJ-MP está prevista, inicialmente, apenas para as unidades e promotorias de Justiça da Capital e de Iranduba, em razão da conectividade. Nas promotorias de Justiça do interior do Amazonas, onde o acesso à internet é ruim, a implantação do sistema MP Virtual será destinada, primeiramente, ao trâmite dos procedimentos extrajudiciais, com previsão de, mais diante, interoperabilidade com o Projudi, do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas. “Os promotores vão poder atuar no MP Virtual tanto no judicial e na área extrajudicial, o que atende à necessidade do MPAM. O ideal seria que o SAJ-MP atendesse a todos, mas, neste momento, há uma impossibilidade técnica, o que não nos impede de continuar sonhando com a consolidação de um único sistema para todas as promotorias do MP”, conclui Cley Martins, que também é coordenadora de implantação do MP Virtual.

Texto: Milene Miranda – ASCOM MPAM


Últimas Notícias
MPAM firma acordo para garantir atendimento a crianças em situação de risco e abandono em Barcelos

Notícias
O Ministério Público do Amazonas, por meio da Promotoria de Justiça de Barcelos, firmou acordo com a prefeitura...
MPAM obtém condenação de médico que exigiu dinheiro para fazer parto e "salvar criança"

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da 2ª Promotoria de Justiça Criminal, obteve a condenação do...
MPAM quer realização de nova prova para eleição do Conselho Tutelar de Alvarães

Notícias
O Ministério Público do Estado do Amazonas, por meio da Promotoria de Justiça de Alvarães, oficiou recomendação...
Ouvidoria do MPAM recebe mais de 1200 manifestações do público externo no segundo trimestre

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM) por intermédio da Ouvidoria divulga relatório do segundo trimestre deste...