Nota Pública

CARD NOTA PÚBLICA e1317

A Procuradoria-Geral de Justiça, do Ministério Público do Amazonas, vem manifestar repúdio às declarações do Sr. Ricardo Molina que, neste domingo, dia 09 de fevereiro, fez, por intermédio de vídeo postado em redes sociais, ataques aos Promotores de Justiça que atuaram no julgamento do réu Milton César Freire da Silva, condenado pela morte da ex-mulher dele, a perita da Polícia Civil do Amazonas, Lorena dos Santos Batista, crime ocorrido em julho de 2010.

A atuação dos membros do Ministério Público foi tecnicamente impecável e eticamente indiscutível, não havendo qualquer sinal que venha pôr em dúvida a correção profissional e honestidade dos senhores promotores, neste ou em outros casos.

A Procuradoria-Geral de Justiça reitera integral apoio ao trabalho levado a efeito pelos diligentes promotores de Justiça José Augusto Taveira e Armando Gurgel , na certeza de que a verdade e a Justiça almejadas foram e serão sempre esclarecidas em plenário, foro concebido pela Constituição da República para dirimir questões dessa natureza.

Para reclamações e denúncias contra membros do Ministério Público, existem canais conhecidos e sólidos que estão sempre abertos para receberem a manifestação de qualquer cidadão. Reclamações via redes sociais, baseadas em "ouvi falar", denotam fraqueza de argumentos.

Ressalte-se que o compromisso do Ministério Público em defender os interesses coletivos é inatacável e continua mais forte do que nunca.

Manaus, 10 de Fevereiro de 2020


Leda Mara Nascimento Albuquerque
Procuradora-Geral de Justiça

Últimas Notícias
Em Humaitá, MPAM mobiliza Poder Público e foliões com assinatura de um termo de compromisso por um carnaval de paz e dentro das leis

Notícias
No município de Humaitá, os promotores de Justiça Caio Barros (1ª Promotoria) e Rodrigo Nicoletti (2ª Promotoria)...
Debates sobre Lei Anticrime abrem Ano Letivo dos eventos de formação e aperfeiçoamento do MPAM

Notícias
O Ministério Público do Amazonas (MPAM) realizou nesta sexta-feira, 21/2, Conferência de abertura do ano letivo do...
Promotoria apura supostos casos de nepotismo no município de Uarini

Notícias
O Ministério Público do Amazonas, por meio da Promotoria de Justiça de Uarini, instaurou inquérito civil e expediu...
MPAM participa da primeira audiência à distância feita em Itacoatiara

Notícias
O Ministério Pùblico do Amazonas (MPAM), através da 3ª Promotoria de Justiça de Itacoatiara, participou, nesta...