Campanha do MPF e MPE orienta a população manauara sobre o voto consciente

Dia D contra a corrupção eleitoral também foi realizado nos municípios

Na manhã desta sexta-feira, 03, os Ministérios Públicos Estadual e Federal, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral, realizaram uma mobilização no Terminal de Integração 3 (T3), na Cidade Nova, zona Norte de Manaus, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância e o valor do voto nas eleições gerais e, sobretudo, orientar sobre como denunciar os candidatos que cometem corrupção eleitoral.

Procuradores e Promotores de Justiça estiveram presentes para tirar dúvidas, distribuir folders e cartazes da campanha 'Seu voto. Não venda. Não troque. Não negocie' para que os eleitores exerçam sua cidadania de forma consciente no dia 03 de outubro, data do primeiro turno de votação. O ato público fez parte da mobilização 'Dia D contra a corrupção eleitoral', realizado em todo território nacional.

O Procurador Regional Eleitoral, Dr. Edmilson Barreiros Junior, orientou as pessoas que circulavam no Terminal para que elas não vendam seu voto por um pequeno favor pessoal, pois o voto é um instrumento de poder muito grande. Também disse que o eleitor tem que votar num candidato que ele confie, caso contrário, ele vai ser prejudicado se este chegar ao poder. “Quem faz corrupção na campanha também vai fazer no mandato”, frisou o Dr. Edmilson. O Procurador também destacou que a conscientização vai continuar com palestras em escolas e universidades.

No local da mobilização também foram veiculados vídeos de conscientização, além de um stand de atendimento aos eleitores. O estudante José Paulo dos Santos, 47, aproveitou o momento para fazer uma denúncia contra um deputado que estava espalhando cartas pedindo voto no Bairro Nova Vitória e se aproveitando da boa fé do eleitor dizendo que foi ele que mandou fazer obras de recapeamento e asfaltamento na comunidade. “Nós sabemos que isto é uma ação conjunta do Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus que já vem fazendo isso há mais de 03 meses em toda cidade”, disse José Paulo.

De acordo com o MPF, as denúncias mais frequentes recebidas pelo órgão são contra campanhas eleitorais que estão sendo feitas contrárias à Lei. Após o registro das denúncias, estas são encaminhadas ao Procurador Regional Eleitoral para ser analisada e posteriormente, se for o caso, investigada. As denúncias podem ser feitas pelo telefone (092) 3611-3180.

O Secretário-Geral do Ministério Público Estadual, Dr. Reinaldo Lima, que também esteve presente na mobilização, falou sobre a parceria com o MPF no combate à corrupção eleitoral. “Essa parceira do MPE com o MPF é muito importante para conscientizar sobre a não compra de votos no sentido de que o eleitor vote de maneira consciente. O eleitor não tem que ser pressionado e nem trocar o voto por nada”, destacou Dr. Reinaldo.

Para a Promotora Eleitoral, Drª Maria da Conceição Santiago, esse trabalho é apenas o começo. “Essa campanha tende a crescer se tiver o engajamento também de outras instituições buscando fortalecer a democracia. Quando você evita a corrupção e a compra de voto, você está colocando as pessoas eleitas de uma forma limpa”, disse a Promotora.

Esta é primeira vez que, uma ação direta com o eleitor, é realizada em Manaus. Nesta sexta-feira, todos os municípios do Amazonas também se mobilizaram na campanha.

 

 

Últimas Notícias
Itacoatiara também tem carreata contra o isolamento social proibida pela Justiça com Ação do MPAM

Notícias
A pedido do Ministério Público do Amazonas (MPAM), representado pelas promotorias de Justiça de Itacoatiara, a...
Justiça acata pedido do MPAM e proíbe carreata contra o isolamento em Manaus e em todo o AM

Notícias
*Justiça acata pedido do MPAM e proíbe carreata contra o isolamento social em Manaus* A Justiça estadual acatou, no...
Coronavírus: Nova Olinda também entra em toque de recolher por recomendação do MPAM

Notícias
Como ocorreu em Parintins, o município de Nova Olinda do Norte também teve decretado o toque de recolher pela...
Alertas, flagrantes, fiscalização ao Poder Público: a atuação do MPAM no interior do Estado no combate ao coronavírus

Notícias
Desde que a crise da pandemia do novo coronavírus se agravou, no Amazonas, o Ministério Público (MPAM) vem agindo em...